O que podemos esperar no mercado financeiro em 2021?

O Mercado Financeiro sofreu grandes impactos no ano de 2020 devido a pandemia que acercou o mundo. Entretanto, profissionais da área mostram inovações e trazendo grandes mudanças nas diversas áreas comerciais, principalmente na área tributária e fiscal. Em 2021, as atenções do mercado e políticas estarão voltadas a disputa presidencial de 2022.

Haverá, no próximo ano, uma alta na taxa de juros. Uma pesquisa na Focus divulgada pelo Banco Central afirmou um aumento na taxa e, 2,75%, além de expectativa para alta do IPCA em 3,11%. 

Mais estimativas para o Mercado Financeiro em 2021

Há estimativas referente ao Produto Interno Bruto (PIB), estes estimam que a economia deverá crescer 3,31% para 3,34% do que foi anteriormente projetado. 

Quanto ao Dólar, a projeção da taxa de câmbio estará estável em R$5 no final de 2021. Isto será um reflexo da eleições presidenciais dos Estados Unidos da América no meio de 2020, com a eleição de Joe Biden. 

Outra estimativa importante que especialistas apontam é a projeção do saldo da balança comercial. Afirmam que em 2021, a balança do mercado financeiro deverá subir de US$52,75 bilhões para US$53,3 bilhões. 

Na demanda profissional, aumentará a procura por profissionais qualificados para atuar em bancos na fase de reestruturação digital. Devido ao ano de pandemia em 2020, houve um aumento em pagamento e compras remotas.

Para 2021, tudo indica, que as empresas e bancos já deverão estar atualizados quanto as novas formas do mercado e deverão agilizar os processos e diminuir a burocracia das operações. 

Precisa de soluções fiscais e tributárias urgentes? Confira nossa plataforma Tributum!

Um aplicativo especialista em armazenamentos extremamente seguros e com possibilidades de consultas de Notas Fiscais e downloads a qualquer momento. Minimizamos os riscos e garantimos um melhor retorno financeiro para sua empresa.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Leia também...

O que podemos esperar no mercado financeiro em 2021?